Qual a diferença entre a lipoaspiração e lipoescultura?

Os dois nomes são parecidos e ambas as técnicas são iguais até determinado momento. No entanto, as indicações e os resultados estéticos finais dessas cirurgias são diferentes. Por isso preparei este conteúdo para sanar todas as suas dúvidas a este respeito.

Em resumo, a lipoaspiração é o procedimento cirúrgico no qual a  gordura localizada em uma ou mais área do corpo é removida por meio de cânulas que fazem a sucção dela, melhorando o contorno corporal.

Na lipoescultura, por sua vez, essa gordura removida é injetada novamente no próprio paciente, de forma a dar mais volume ou corrigir irregularidades em outras áreas, como glúteos ou coxas. Essa gordura também pode ser utilizada para preencher sulcos e vincos da face, ou até mesmo ser injetada nas mamas.

Essas duas cirurgias têm como objetivo principal promover a redefinição dos contornos corporais – e nenhuma delas tem como finalidade promover o emagrecimento, tampouco devem substituir a prática de exercícios físicos e uma alimentação equilibrada, como sempre devemos nos lembrar.

Assim, a diferença entre lipoaspiração e lipoescultura está no fato de que a primeira apenas reduz o volume das regiões escolhidas, enquanto a segunda faz a redução de algumas regiões e o aumento de outras por meio do enxerto de gordura.

O cirurgião plástico é o profissional mais indicado para realizar os dois procedimentos, por ter preparo e treinamento adequado.